Sobre o autor

Marcos Bau Brand√£o √© Mestre em Geografia pela UFBA, Especialista em Educa√ß√£o pela FBB, possui Curso de Extens√£o em Metodologias do Ensino da Geografia pela UNEB e tamb√©m Curso de Extens√£o em Geopol√≠tica e Rela√ß√Ķes Internacionais pela Escola de Altos Estudos Estrat√©gicos e de Geopol√≠tica/CENEGRI. Em Bras√≠lia √© professor do Centro Educacional Sigma, do Gran Cursos e da Secretaria de Educa√ß√£o do Governo do Distrito Federal.¬†Professor d¬īO Diplomata,¬†Curso de Admiss√£o √† Carreira de Diplomata pelo¬†Instituto Rio Branco¬†– CACD entre 2009 e 2013. Tamb√©m foi docente da p√≥s-gradua√ß√£o em Rela√ß√Ķes Internacionais da Universidade Cat√≥lica de Bras√≠lia entre 2009 e 2011 e fez parte do n√ļcleo docente estruturante da gradua√ß√£o do Instituto de Rela√ß√Ķes Internacionais O Diplomata. Autor de apostilas de pr√© vestibulares e pr√© PAS de institui√ß√Ķes do DF, artigos cient√≠ficos publicados em peri√≥dicos do Brasil (ex: UFU e UFBA) e do livro Espa√ßo e tempo no sert√£o baiano: a constru√ß√£o urbano-regional do Orob√≥. Mais detalhes no Curr√≠culo Lattes. Faz parte da equipe de autoria¬†do material did√°tico digital de geografia (formato para tablet) que est√° sendo usado no Centro Educacional Sigma/DF (escola do Grupo Somos Educa√ß√£o), desde 2012 (veja mat√©ria do G1).¬†

Em maio de 2013 recebeu o t√≠tulo de Professor Global pela Universidade Cat√≥lica de Bras√≠lia via Instituto de Rela√ß√Ķes Internacionais.

email: marcos.bau@gmail.com

“Os primeiros quarenta anos de vida nos d√£o o texto: os trinta seguintes, o coment√°rio.”Schopenhauer

T√≠tulo: Repara no mapa que desenhei? Aula em 12.05.2010 no 3¬ļ ano do Sigma/DF. Foto do aluno Victor Uriarte.

71 thoughts on “Sobre o autor

    • Obrigado pelo incentivo Washington! Recebo com louvor o recado grafado por um ge√≥grafo do seu gabarito.
      Aqui vai uma tentativa de levar aos nossos alunos uma maior qualidade e informação atualizada.

      Ps: Washington Candido é professor de geografia com 24 anos de experiência, mestre em geografia pela UnB, coordenador do Centro Educacional Sigma e diretor pedagógico do Centro de Aprofundamento Candido Calazans.

  1. Sou professor de geografia, moro em São Paulo e digo-lhe que seu blog é um dos melhores que já vi voltado para o ensino médio, porque cumpre perfeitamente o papel dito na página inicial.
    Tenho indicado para meus alunos nas escolas que leciono.
    Uma sugestão é a publicação de mais textos sobre assuntos da geografia.
    Atenciosamente
    JL.

    • Obrigado pelas considera√ß√Ķes prof. Jo√£o Luis. Espero que seus alunos aproveitem os textos!
      Na medida do (tempo) poss√≠vel vou selecionando textos e publicando… At√© o final do ano teremos mais assuntos da geografia e afins.
      Cordialmente,
      Mb.

  2. Bom dia.
    Caro coléga, meus alunos me pediram que confeccionasse apostilas, para um melhor andamento das aulas de Geografia, mas, tenho duvidas de como proceder neste caso, se existe alguma lei que me impeça de tal ato.
    Desde j√° grato
    Lourival

    • Ol√° professor e colega Lourival,
      Pauto-me na Lei Federal 9610/98 (Direitos Autorais) que diz o seguinte:

      Cap√≠tulo III (Dos Direitos Patrimoniais do Autor e de sua Dura√ß√£o) em seu Art. 29. Depende de autoriza√ß√£o pr√©via e expressa do autor a utiliza√ß√£o da obra…
      Cap√≠tulo IV (Das Limita√ß√Ķes aos Direitos Autorais), Art. 46. inciso III afirm que “N√£o constitui ofensa aos direitos autorais: a cita√ß√£o em livros, jornais, revistas ou qualquer outro meio de comunica√ß√£o, de passagens de qualquer obra, para fins de estudo, cr√≠tica ou pol√™mica, na medida justificada para o fim a atingir, indicando-se o nome do autor e a origem da obra”.
      Fonte: http://www.planalto.gov.br/ccivil_03/Leis/L9610.htm

      Os livros e revistas (tamb√©m em meio eletr√īnico) autorizam a utiliza√ß√£o com exig√™ncia dos cr√©ditos. Portanto, no seu caso, as apostilas encaixam-se nos “fins de estudo”. Contanto que cite a fonte, n√£o h√° problema algum.
      Espero ter ajudado. Abraço

    • Obrigado Carlos.
      Na verdade esse material ainda está em construção e tenha certeza que dá um imenso trabalho.
      A ideia veio a partir das atualiza√ß√Ķes do livro did√°tico com minhas inser√ß√Ķes em sala atrav√©s de dados atuais dos jornais, revistas, portais, livros te√≥ricos. Sempre meus alunos pediam os slides que passava nas aulas. Resolvi come√ßar a publicar n√£o s√≥ as figuras, mas escolher e adaptar textos para um melhor entendimento do corpo discente. Sem falar que, com isso, socializo material para alunos em geral que n√£o tem condi√ß√£o financeira de comprar o livro did√°tico.
      O intuito √© sempre a ajuda de assuntos ligados √† ci√™ncia geogr√°fica e para isso garimpo diariamente atualiza√ß√Ķes.

    • Eu √© agrade√ßo imensamente a indica√ß√£o de uma colega de trabalho. Est√° em constru√ß√£o, pois comecei a postar os assuntos do Ensino M√©dio nesse ano Sheila.
      Aos poucos a ideia √© abarcar todos os assuntos abordados nos livros did√°ticos/m√≥dulos para nossos alunos acessarem livremente um conte√ļdo atualizado.
      Volte sempre que precisar!
      Cordialmente

  3. M. Brandão, não consegui falar com você no Sigma. A entrevista vai ao ar nesse domingo, dia 24, na RedeTV/TV Brasília, no programa Brasília na TV, que vai de 12h às 13h. Um abraço, bom final de semana!!

  4. professor parabens pelo blog e continue em frente.Agora, eu queria saber qual foi a sua opiniao sobre o verdadeiro debate que ocorreu sobre as eleiçoes? Oq achou da argumentaçao de seus alunos?

  5. Ol√° Prof. Marcos, boa noite!
    Sou aluno do Claretiano polo de S√£o jos√© dos Campos – SP. Neste trimestre, numa das disciplinas, Forma√ß√£o em Geologia, estamos estudando o ciclo das rochas e encontrei na sua p√°gina e agora tamb√©m considero minha, informa√ß√Ķes muito importantes que ajudar√£o a embasar a troca de id√©ia no grupo e a busca do conhecimento, al√©m de que para mim foi surpresa saber que Po√ßos de Caldas (MG) situa-se sobre uma regi√£o vulc√Ęnica. Vou visitar a p√°gina sempre.
    Abraços.

    • Ol√° Jos√© Carlos,
      Fico feliz em ter ajudado e muito agradecido pelo comentário! A ideia é exatamente socializar os conhecimentos geográficos para que todos tenham acesso. Volta sempre que precisar e divulga para seus colegas do Claretiano.
      Abraço

      • Boa noite Prof.,
        Com certeza divulgarei e pedirei a eles que mencionem o Claretiano para que o Sr. v√° se familiarizando conosco e tenho convic√ß√£o que poderemos contar contigo caso tenhamos alguma d√ļvida nas diversas disciplinas durante o nosso curso.
        Abraços.

  6. Muito legal essa p√°gina. Achei por acaso quando pesquisava sobre o congressos internacionais (sou aluno do 7¬ļ per√≠odo de Hist√≥ria da UFAL) e me surpreendi com o conte√ļdo. Parab√©ns Bau pela niciativa, √© prova de que existe bom conte√ļdo para estudos na internet. aBRA√áO.

    • Ol√° Emmerson,
      Já estive em encontro nacional de geografia no centro universitário da UFAL* que tem uma estrutura muito boa (gostava até da comida do RU, coisa rara de acontecer! rsrs!)
      Obrigado quanto √† surpresa sobre o conte√ļdo do site (mais ainda por se tratar de um quase-formando). Come√ßou de uma ideia/projeto que sempre acreditei… Levar uma informa√ß√£o de qualidade inclusive e principalmente para quem n√£o tem condi√ß√£o de comprar um livro did√°tico t√£o caro.
      Abraço.

      *Universidade Federal de Alagoas em http://www.ufal.edu.br/ufal/

  7. Ol√° professor!

    Sou Simone aluna da Claretiano de SJCampos, meu amigo de curso José Carlos me indicou seu blog, adorei!!!
    Ah, desde j√° agrade√ßo e aviso que sempre estarei aqui…
    Simone

  8. Ol√° professor!

    Gostaria de pedir se voc√™ pode me indicar um site sobre cartografia tem√°tica, mais precisamente sobre como elaborar uma histograma de frequ√™ncia, um pol√≠gono de frequ√™ncia e frequ√™ncia absoluta. Estou com d√ļvidas e n√£o acho nada para me ajudar a entender melhor a constru√ß√£o.
    Obrigada
    Simone

  9. Ol√° professor,
    Também sou aluno claretiano São José dos Campos, inclusive amigo e parceiro nos trabalhos com a Simone e o José Carlos, que bom conversar com quem entende do assunto, vou pintar por aqui sempre que precisar, ok!
    Obrigado
    Sandim.

  10. Boa tarde professor Marcos, tudo bem?
    Preciso escolher um tema dentro da geografia para um trabalho da matéria Iniciaçao a Pesquisa Científica, esse tema pode ser o futuro tema para o tcc final, você teria alguma sugestão?
    Obrigado e uma ótima Páscoa.
    Sandim

  11. Parab√©ns meu grande amigo…
    Realmente esse site é o desenvolvimento de um EXCELENTE trabalho.
    Muito bom… Estou a retornar as salas de aula depois de quase 5 anos fora do pa√≠s e com certeza o utilizarei.
    √Č bom e d√° muito orgulho ter sido colega de trabalho de t√£o capacitao profissional, ser amiga ent√£o, N√ÉO TEM PRE√áO.
    Beijos e sucesso…
    Depois gostaria de indica√ß√Ķes para meu retorno…….(rs)

  12. Desenhista nato, Bau! E ah, meus parab√©ns pelo site. Hoje em dia h√° tanta coisa in√ļtil na internet que √© √≥timo encontrar pessoas com tanta iniciativa como voc√™. At√© semana que vem!

    • ūüėČ Obrigado Mariana!
      Partindo de uma aluna dedicada como você (sempre 1ª carteira, na frente da minha mesa) fico deveras lisonjeado.
      Gosto muito do que faço e a iniciativa é no intuito de ajudar quem quer se aprofundar e se atualizar mais um pouco sobre assuntos da geografia.
      Até a próxima aula!

  13. Professor Marcos Sou professora de Geografia, esse espaço muito tem me auxiliado é com prazer que o acesso e indico aos meus alunos que sempre buscam nas horas de pesquisas.Parabéns pelo seu trabalho sucesso pra ti e para nós que temos a oportunidade de te-lo como nosso mediador de conhecimento.

    • Muit√≠ssimo obrigado pelas palavras e indica√ß√£o In√™s! Partindo de uma colega de profiss√£o √© muito importante, pois certifica a idoneidade e responsabilidade com nossos alunos em levar-lhes informa√ß√£o de qualidade.

  14. Professor, quais as suas dicas de leitura para o PAS 2¬™ etapa? Como a mat√©ria referente a 1 ano √© muito extensa, gostaria de focalizar ao m√°ximo os meus estudos. Muito obrigada desde j√°. ūüôā

  15. Realmente estou impressionada com o conte√ļdo do blog.Muita atualidade e conte√ļdos bastante prop√≠cios para o pas e o vestibular da UnB.Obrigada pelos posts, professor Bau,realmente esclarecedores.Seu trabalho √© super digno,parab√©ns.
    *Estou no terceiro ano,no colégio objetivo,temos um excelente professor de geografia também.Talvez você o conheça(Fernando Spíndola),com certeza um ótimo geógrafo como você.

    • Obrigado Juliana pelas palavras e pela visita ao analisar o conte√ļdo postado no nosso blog!
      Cheguei em Brasília (de Salvador) há pouco mais de 3 anos e talvez por isso não conheça seu professor, o Fernando Spíndola, mas fico feliz em você estar bem assistida na matéria geográfica com um profissional gabaritado.
      O intuito do blog é e sempre será a socialização do conhecimento, isto é, levar informação e teoria geográfica de qualidade para todos.
      Sauda√ß√Ķes geogr√°ficas para voc√™, seus colegas e tamb√©m para o professor Fernando Sp√≠ndola de geografia!

  16. Muito obrigada Bau,esse sábado ele vai ir na UnB por causa do pas,então é provavel que vocês pelo menos debatam juntos.Conversei com ele hoje sobre o seu blog e ele disse que sabe quem você é.Enfim,estamos na expectativa quanto ao pas.Valeu!

  17. Xar√°, n√£o vejo com bons olhos a “entrada” do computador pessoal na sala de aula para adolescentes de 15 anos. Trabalho h√° 20 anos com inform√°tica, sei dos recursos, sei dos “n√≥s” capazes de enganar os professores, √© imposs√≠vel ter controle numa sala com 45 alunos. Acho prematura e arriscada esta medida.
    J√° possuo um filho matriculado na escola e, o segundo, terminou o ensino fundamental este ano. Ser√° que devo sujeitar meu filho a ser cobaia da escola?
    Em tempo, quando comentei com ele sobre o PC, a resposta foi curta, “Pai, v√£o aumentar os assaltos nas imedia√ß√Ķes da escola”…

    • Marcos, meu Xar√°,
      Tenho quase o mesmo tempo de sala que você de informática (18 anos) e concordo contigo que é uma mudança de paradigma que nunca houve e que por motivos óbvios, não estamos acostumados. Mas isso, ou seja, a inserção tecnológica em todos os segmentos é um processo sem volta (o costume chama isso de globalização), pois não pense que tirar seu filho da escola irá isentá-lo dos acontecimentos tecnológicos (você só vai conseguir adiar o que é inevitável).
      Sabemos que o mercado est√° cada vez mais exigente e que essa mudan√ßa √© arriscada, tenho que concordar contigo (prematura n√£o, porque o Sigma h√° algum tempo √© vanguarda em educa√ß√£o no DF e precisa dar o primeiro passo). Quanto aos “n√≥s” do aluno em rela√ß√£o ao professor tamb√©m acontecer√£o, mas o poder de persuas√£o (mexer com os brios do aluno) tem que sobressair e o professor ser√° obrigado a prender a aten√ß√£o do aluno com aulas cada vez melhores e din√Ęmicas (n√£o h√° nada mais curioso e instigante do que uma boa aula com um professor que domina muito um determinado assunto).
      O problema √© que s√≥ enxergamos o termo cobaia no sentido pejorativo, mas aqui vai um link da Editora respons√°vel pelo escrito dos tablets (http://meuslivrosdigitais.com.br/) que tamb√©m serve como um convite a pensar se voc√™ deve tirar ou n√£o seu filho da escola. Agora desculpa, mas devido √† minha sinceridade e responsabilidade enquanto docente, nessa decis√£o n√£o posso opinar, apenas te dizer que se ele continuar serei professor dele no 3¬ļ ano com todo prazer que sempre tive em ministrar aulas de geografia (no 1¬ļ ano ter√° aula com a Helceny Cristina, √≥tima, grande incentivadora desse blog e que tem 20 anos de Sigma).
      O “em tempo” lembrado √© pertinente e a escola ter√° que pedir um aumento de seguran√ßa, mas os arm√°rios continuar√£o sendo √ļteis para guardar os tablets e o conselho √© os pais n√£o soltarem os filhos na W3 com a farda da escola.
      Qualquer coisa é só me procurar no Sigma que conversamos.
      Cordialmente,

  18. Marcos, sem querer polemizar, já procurei a escola para falar sobre o assunto. O contato com a coordenação não foi dos melhores, achei arrogante o posicionamento da pessoa que me atendeu.
    O arm√°rio n√£o significa seguran√ßa, o “tablet” ser√° uma extens√£o do aluno, n√£o ficar√° na escola.
    Minha filha, que cursou a primeira série este ano, não quer sair da escola. Para meu filho tanto faz ir para o Sigma ou para outra instituição. Se depender só de mim, procuro outra instituição. O imbróglio está formado. A decisão será minha, porém, procuro ouvir meus filhos quanto há o interesse deles.

  19. Marcos,
    Entendo a sua preocupação que parte dela também é minha devido à responsabilidade enquanto docente.
    O esquema de fora da escola quanto √† seguran√ßa ter√° que ser mudado (o pior √© que n√≥s n√£o acreditamos no Estado, quem deveria garantir a seguran√ßa nesse caso) e s√≥ falei dos arm√°rios, pois, na minha opini√£o, o aluno que tiver que ir de √īnibus poder√° deixar o ‘tablet’ na escola… Claro que n√£o s√£o todos os dias porque tem que estudar as mat√©rias e fazer tarefas passadas. A√≠ o pai/m√£e ter√° que busc√°-lo na porta da escola e, mesmo assim, em muitos casos ainda rebater√£o em outro imbr√≥glio dos pais que n√£o podem pegar seus filhos, isto √©, na complexidade do esquema de seguran√ßa que envolve o Estado brasileiro: inoperante e indiferente quanto √† quest√Ķes de educa√ß√£o, sa√ļde, seguran√ßa, idoneidade, honestidade, compromisso social…

    Al√©m de docente, como ge√≥grafo, pesquisador e estudioso da l√≥gica urbano-regional e para enxergarmos que na vasta complexidade desse assunto n√£o existe resposta pragm√°tica, sou compelido a citar duas doutoras ge√≥grafas da UnB quando afirmam que “o n√≠vel de propaga√ß√£o da viol√™ncia urbana √© cada vez mais veloz. Diante disso, a popula√ß√£o tem mudado sua rotina, alterando h√°bitos, percursos, destinos e at√© mesmo a pr√≥pria casa. √Č crescente o uso de grades, cachorros, c√Ęmaras, cercas eletrificadas e sistemas de alarmes, aparatos que em v√£o, tentam resgatar a tranquilidade, pois tais condutas n√£o impedem a ocorr√™ncia de crimes. S√£o “pseudo-solu√ß√Ķes”, individuais e isoladas […] Em acordo com essas premissas, o atual Plano Nacional de Seguran√ßa P√ļblica √© enf√°tico ao afirmar que ou haver√° seguran√ßa para todos, ou ningu√©m estar√° seguro no Brasil. Seguran√ßa para todos √© aquela que decorre da a√ß√£o do Estado e da sociedade e prioriza a√ß√Ķes preventivas […] H√° necessidade de gerar fluxos de ideias e informa√ß√Ķes entre o Estado, os agentes e os atores e assim difundir e dar maior visibilidade aos discursos. A m√≠dia tem sido muito criticada, mas ela poderia ser uma parceira importante nesses sentido. Esses fluxos poderiam contribuir para orientar, como diz Arendt (1994), a natureza instrumental da viol√™ncia, que sempre teve um papel fundamental na vida humana, recuperando a raz√£o e o di√°logo, ant√≠teses da viol√™ncia destrutiva. No caso brasileiro, resgatando o “homem cordial”. No caso brasiliense, refor√ßando a cidadania j√° aflorada.” (STEINBERGER, Mar√≠lia; CARDOSO, Ana Izabel. A geopol√≠tica da viol√™ncia urbana e o papel do Estado. In: PAVIANI, Aldo (e outros orgs.). Bras√≠lia: dimens√Ķes da viol√™ncia urbana. Bras√≠lia: Editora UnB, 2005, p. 113, 115 e 127).

  20. Ola Prof. Tudo bom? Sou professor da rede estadual do Paraná. Achei o seu site extremamente válido pois os materiais são ricos em detalhes e prático. Porém gostaria que os textos e mapas fossem disponibilizados para cópia Рdevidamente creditada a fonte é claro Рpara que eu pudesse utiliza-los em minhas aulas. Desde ja agradeço a atenção e parabéns pela iniciativa.
    Att. Prof.Mestrando Luiz Santos
    Geografia – Universidade Estadual de Londrina

    • Ol√° Luiz,
      Agrade√ßo a defer√™ncia no coment√°rio e fico feliz em ter gostado do conte√ļdo, pois partindo de um colega de profiss√£o s√≥ d√° mais credibilidade a esse espa√ßo de discuss√£o sobre a geografia.
      Quanto a disponibilizar o material para c√≥pia, pe√ßo-lhe desculpas… Desabilitei a c√≥pia depois de passar por v√°rios problemas/desgastes de ter meu conte√ļdo plagiado (at√© hoje tenho den√ļncias em curso).
      Quando uso o site em algumas aulas abro a página em casa que fica gravada no cache do laptop (aí pode ser ligado a um datashow ou tv).
      Cordialmente,

  21. Prezado Bau,
    Parabéns por essa belíssima iniciativa e pela promissora carreira que vem construindo em Brasília. Como conterraneo, só me resta dizer que vc orgulha a todos os baianos, especialmente àqueles que tiveram a oportunidade de conhece-lo em início de carreira e sabem do teor do seu caráter e profissionalismo.
    Um grande abraço!

    Luis Requi√£o
    Doutorando em Geografia – UnB

    • Requi√£o,
      Esse elogio vindo de um colega geógrafo de extrema qualidade e quase Dr., só posso retribuir com a mesma lisura seu caráter e também o profissionalismo que são coincidentes com o que escreveu sobre mim.
      √Č um orgulho ter a oportunidade de trocar ideias com ge√≥grafos do seu gabarito!
      Quanto ao doutorado, n√£o esqueci… Quando o tempo me permitir tenho a certeza que vou compartilhar dessa sua grande for√ßa no processo!
      Abração

  22. Ol√°,
    Primeiramente gostaria de deixar os meus parab√©ns pelas excelentes postagens. Como vc √© um professor cheio de ideias e estudioso sobre o assunto. Gostaria de saber se pode clarear a minha mente dando uma sugest√£o de atividade sobre a AM√ČRICA LATINA ? Os meus alunos s√£o da ed. infantil e precis√£o fazer algo para deixar exposto na feira cultural onde trabalho, p√≥rem gostaria de apresent√°-los algo que fa√ßa sentido para a idade deles. Se vc puder ajudar com uma orienta√ß√£o eu ficarei muito grata. Obrigada, Carolina.

    • Ol√° Carolina! De antem√£o, obrigado pelo elogio!
      N√£o tenho experi√™ncia com educa√ß√£o infantil, mas na escola que trabalho a cadeira do ensino fundamental, com nosso apoio do ensino m√©dio executa um projeto chamado Expo-Brasil, onde os alunos montam estandes para apresentar a cultura, culin√°ria, curiosidades, m√ļsica, folclore, caracter√≠sticas pol√≠ticas, dentre outros aspectos de cada regi√£o brasileira.
      Acho que voc√™ poderia adaptar tal projeto para a Am√©rica Latina, assim como √† faixa et√°ria dos seus alunos e fazer como fazemos aqui, pois temos o apoio da escola e dos pais que prestigiam desde a montagem e assistem as apresenta√ß√Ķes de palco das crian√ßas (no nosso projeto, os alunos apresentam o estande e parte da equipe tamb√©m se apresenta no palco com dan√ßas t√≠picas e teatro criado por eles).
      Veja abaixo algumas fotos do projeto em duas das unidades da escola.
      http://marcosbau.com.br/posts-variados/expo-brasil-sigma-2012/ – Unidade Sul
      http://marcosbau.com.br/posts-variados/expo-brasil-2012-asa-sul/ – Unidade Norte

      Espero ter ajudado e torço para que seja um sucesso a feira cultural daí.

  23. Professor estou adorando seu site pelas grandes informac√Ķes que vem passando para todos, acho que esse √© o papel dos grandes profissionais. Sou mineiro de Barbacena e estou morando no sert√£o de Alagoas, pois sou professor do Ifal em Piranhas, e suas informac√Ķes est√£o sendo muito uteis para o meu dia a dia e vou recomendar para mais pessoas. Abraco e vou entrar em contato sempre. Parab√©ns.

    • Muito obrigado Alexsandro! Vindo de um colega s√≥ aumenta a credibilidade das informa√ß√Ķes postadas. Fique a vontade quanto √†s cr√≠ticas e sugest√Ķes.

Deixe uma resposta